7 Filmes Para Refletir

Escrito por on 22/05/2017

Uma boa reflexão sempre vai bem. Ainda mais quando ela vem acompanhada de um balde de pipoca com manteiga!

O cinema sempre foi uma ferramenta para fazer pessoas refletirem sobre questões políticas, sociais e existenciais.  Pensar sobre como a vida se apresenta a nós, sempre de uma maneira diferente, todos os dias, é importante para criarmos um pensamento mais amplo sobre o mundo em que vivemos. Porém, algumas experiências estão longe de nossa realidade. E é ai que entra o cinema, com sua magia e capacidade de contar histórias que nos façam enxergar o mundo de uma maneira diferente.

Por isso nós da Rádio FJR criamos uma lista para fazer você, querido leitor, expandir sua visão, mente e coração

Confira!

7 filmes que fazem refletir

1 – Na Natureza Selvagem (Into the Wild, 2007)

Muitas vezes temos um surto de “queria viver uma vida mais simples”. Correr desse mundo caótico e desfrutar dos prazeres de uma vida sem muitas responsabilidades. “Na Natureza Selvagem” fala exatamente sobre uma pessoa que teve coragem de fazer isso.

O filme, inspirado em uma história real, fala de Christopher McCandless. Ele é um jovem rico, que acabou de se formar, porém que não se identifica com os modelos que a sociedade quer impor a ele. Em uma tentativa de fuga dessa realidade caótica, cheia de pressão e pouco sensível, ele sai em uma peregrinação, na qual ele se abstém de todo o conforto da cidade e vai viver na natureza.

2 – A Vida é Bela (La Vita è Bella, 1997)

Muitas vezes a nossa vida não é a das mais fáceis, porém assistir “A Vida é Bela” muda completamente nossa perspectiva.

Mostrando como extrair belos momentos de um período sombrio, a Segunda Guerra Mundial, o filme apresenta Guido e seu pequeno filho Giosué, que são judeus e vivem em um campo de concentração, sofrendo todas as atrocidades que aconteciam com esse povo. Apesar de todo o sofrimento, temos um grande diferencial: Guido tenta mostrar ao seu filho que a vida pode ser bela, mesmo em tempos difíceis.

3 – Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, 2004)

Será que vale a pena apagar todos os momentos ruins de nossa memória? Essa é a questão abordada em “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”.

Joel, interpretado por Jim Carey em um dos raros papeis sérios de sua carreira, descobre que Clementine, o amor de sua vida, decide apagar todas as memórias deles juntos. Ele decide fazer o mesmo, mas no meio do processo desiste. Preso em sua própria mente, ele tem que arrumar alguma maneira de avisar os especialistas que estão em seu apartamento.

É um filme que faz pensar na máxima: é melhor viver as experiências traumáticas e aprender com elas ou sofrer por nunca ter vivido nenhuma experiência verdadeira?

4 – O Homem que Viu o Infinito (The Man Who Knew Infinity, 2016)

“O Homem que Viu o Infinito” mostra que o maior dos talentos pode vir dos lugares mais inusitados.

Esse filme fala sobre a história de Srinivasa Ramanujan, um matemático brilhante, que desenvolveu muitas teorias. Na história, podemos ver as dificuldades de se viver em um local distante de sua pátria, onde Ramanujan se sente deslocado, apesar de seu brilhantismo.

Sempre é importante questionarmos a nós mesmos o que nos impede de seguir nossos sonhos e é a essa reflexão que o filme nos traz.

5 – Up – Altas Aventuras (Up, 2009)

As animações muitas vezes são subestimadas por acharmos que elas retratam somente um mundo ilusório e mágico. Eu te convido a deixar esse pensamento de lado e embarcar na casa voadora do adorável e ranzinza, Sr. Carl Fredericksen.

“Up – Altas Aventuras” é um filme que fala sobre muitas temáticas importantes: amor, companheirismo, sonhos, entre outras coisas que são importantes para se viver uma vida plena. Entretanto, o que faz esse filme entrar para a lista é o fato de o final feliz acontecer após uma sequência de tristezas e decepções que o Sr. Fredericksen vive.

Há também uma coisa muito importante! O filme mostra que nunca é tarde demais para correr atrás dos nossos sonhos.

6 – Trainspotting (Trainspotting, 1996)

“Choose life”. Essa é a frase mais representativa do filme, que discursa sobre como nossas vidas são vazias e todas as maneiras que tentamos encontrar para suprimir essa lacuna existencial que vivemos.

O enredo de “Trainspotting” consiste na vida mostrada a partir do ponto de vista de um grupo de amigos e usuários de drogas na Escócia. Fugindo totalmente do politicamente correto, eles vivem todos os dias como se fosse o último dia de suas vidas.

Apesar da temática forte, muitas frases do filme fazem pensar. Através do sarcasmo e piadas inteligentes e bem posicionadas, conseguimos perceber que, assim como os viciados em heroína retratados no filme, também estamos presos à nossa rotina.

PS: Vale a pena conferir a continuação do filme que estreou em abril de 2017.

7 – A Garota Dinamarquesa (The Danish Girl, 2015)

Como seria viver em um corpo com o qual você não se identifica? Essas são questões que são levantadas ao assistir ao filme “A Garota Dinamarquesa”.

Na história do filme, podemos ver conceitos que ainda são muito abstratos para a maioria das pessoas, como a identidade de gênero, preconceito e a cirurgia de mudança de sexo, que na época era de alto risco.

“A Garota Dinamarquesa” é um filme que trabalha a empatia de quem assiste, pois ele tenta mostrar sob outra ótica como o mundo pode ser cruel com as pessoas que são diferentes. 


Rádio FJR

Rádio FJR

Current track
TITLE
ARTIST

Background